Utilização da Dapnhia magna no Ensino Experimental das Ciências
Sábado, 14 de Março de 2009

 

 

 

 

 

Foto 1 - O grupo de trabalho na Acção de Formação - Projecto Daphnia (Visionarium)

 

 

  

 Introdução

 

 

Este blog constitui um espaço de partilha de informação, divulgação e discussão de resultados experimentais ulilizando como modelo biológico a dáfnia.

 

 

 

 O que é a Daphnia?

 

 

Daphnia é um género de crustáceo. Devido à forma como nada impulsionada por duas antenas situadas no cimo da sua cabeça (segunda antena), a dáfnia parece pular dentro de água como a  pulga terrestre, daí designar-se pulga d'água

 

 

 Exemplos de Daphnia

 

 

 

 

De entre estas, a mais vulgar em Portugal é a Dapnhia pulex e a mais utilizada em ensaios laboratoriais, a Daphnia magna, a qual constitui o nosso objecto de trabalho.  

 

 

  

Foto 2 - Fêmea de Daphnia magna com ovos de Verão ou partenogénicos.

 

 

 

Como classificá-la?

 

Reino Animalia
Filo Arthropoda
Subfilo Crustacea
Classe Branchiopoda     (grego:branchio=brânquias; podos=pés)
Ordem Cladocera “pulgas d’agua”
Família Daphniidae
Género Daphnia
Espécie Daphnia magna

 

 

Qual o seu habitat?

 

 
Trata-se de um microcrustáceo típico de águas doces, habitando lagos e charcos.
 
 
 

Foto 3 -  Um dos seus habitats

 

 

Qual a sua posição nas cadeias alimentares? 

 

Geralmente consumidora de 1ª ordem, quando se alimenta de microalgas (fitoplâncton). Também se alimenta de detritos orgânicos, bactérias e ciliados (protozoários).

 

 

                                                          

Foto 4- Observações microscópicas de microalgas, em destaque Chlorella vulgaris.

 

Ao mesmo tempo, serve de alimento a vários seres vivos como por exemplo peixes. 

 

 

 

     Produtor                        Consumidor Primário              Consumidor Secundário
     (Chlorella vulgaris)                                (Daphnia magna)                                           (Cyprinus carpio)
 

                               
  
 Qual a sua morfologia? 
 
 
A Daphnia apresenta dimensões entre 0,2mm  a 5 mm; é revestida por um exoesqueleto transparente que possibilita a visualização dos seus órgãos internos.
 
 
 

 

Foto 5 -  Morfologia da Daphnia

 

 

 

 

Foto 6 - Pormenor do olho composto

 

 O olho da Daphnia é constituido por um número variável de cristalinos.

 

 

 

 

 

 

 

Na ausência dos ovos ou embriões, a fêmea distingue-se do macho pelo seu maior tamanho e um rostro mais proeminente.

 

 

                    

 

                                        Fêmea                                                              Macho

 

 

 

Como se reproduz?

 

A Daphnia, de acordo com as condições ambientais, pode reproduzir-se assexuadamente por partenogénese ou sexuadamente.

 

Reprodução Sexuada

 

 Em condições desfavoráveis - baixas temperaturas ou quando o meio que ocupam  se encontra  saturado com produtos metabólicos, as dáfnias tendem a reproduzir-se sexuadamente. Nestas circunstâncias, pode observar-se uma população, não apenas, geneticamente diversa, como também, com um número crescente de machos.

 

 

 Reprodução Assexuada

 

 

 

 

 Como será o seu parto?

 

 

 

 

 

 Quais são as condições ideais de manutenção de

Dapnhia magna

 

 Parâmetro       Valor/ Intervalo óptimo

                                   pH                            7 - 8,6

                    

                          Temperatura              20-25ºC

 

                          O2 dissolvido             > 6mg/l

 

                          Dureza da água         160 - 180 mg

 

                          Fotoperíodo               16 horas de luz;  8 horas de escuridão

 

 

 Como alimentar as dapnhias em laboratório?

 

As culturas devem ser mantidas com microalgas, por exemplo, da espécie Chlorella vulgaris.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por pulgadagua às 12:37


mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30
31


arquivos
2009

links